• 06 DE JUNHO DE 2022

Golpe da falsa portabilidade de empréstimo

Golpe da falsa portabilidade de empréstimo

A mais nova modalidade de golpe na praça tem tido como principais alvos os idosos com empréstimos consignados. O falsário entra em contato por telefone já com os dados da vítima, para passar credibilidade, e se identifica como funcionário de uma instituição financeira, oferecendo-se para comprar a dívida existente com taxas e juros bem menores. Ao aceitar o novo contrato, a vítima recebe o dinheiro do novo empréstimo em sua conta, mas é orientado a transferi-lo para uma conta da empresa, numa espécie de estorno para supostamente “concluir a portabilidade da dívida”. A partir disso, o golpe é efetivado, o falsário some e a vítima nunca mais verá aquele dinheiro, ficando com a dívida antiga e a do novo empréstimo. Servidores públicos têm sido os preferidos dos golpistas por terem limites de crédito mais altos.

Para evitar o golpe, desconfie sempre! Quanto maiores as vantagens, maior o alerta. Entre em contato com o seu banco e com o banco do novo empréstimo. Leia o novo contrato, que deve conter expressões como refinanciamento e portabilidade, além dos dados do contrato originário. E se caiu no golpe, registre imediatamente um boletim de ocorrência na Polícia Civil ou Delegacia do Idoso e procure o banco envolvido para tentar solucionar amigavelmente a questão. Reúna todas as provas que tiver e faça denúncias no Banco Central e nos órgãos de defesa do consumidor. Se tudo isso não for suficiente, o consumidor poderá acionar a Justiça. Se passou por isso, procure nosso Departamento Jurídico: 3237-5040.


Comentários


Adicionar comentário

Seu endereço de e-mail NÃO SERÁ publicado
wrapkit A ASSEMP é uma entidade sem fins lucrativos, que atua na área de prestação de serviços para funcionários municipais filiados, oferecendo um leque de benefícios aos associados e familiares.